Atividades Físicas

Conhecendo a importância das atividades físicas no tratamento de dependentes químicos/etílicos

É extremamente difícil quantificar, exatamente, a dimensão dos prejuízos psicológicos e fisiológicos decorrentes do uso crônico de uma substância psicoativa, entretanto, levando em consideração o tipo e o tempo de uso, de acordo com a literatura, é possível prever as alterações que elas podem causar ao organismo humano.
Dr, Ronaldo Laranjeira relata que o uso de drogas psicotrópicas resulta em envelhecimento precoce, sendo como as principais consequências desse processo o estado geral da saúde psicológica (sintomas da abstinência, como ansiedade, irritabilidade, distúrbios do sono), o estado geral de saúde física (sintomas da abstinência, cardiopatias, angiopatias, pneumopatias, miopatias, endocrinopatias, neuropatias); o nível de condicionamento físico e da capacidade de trabalho; o estilo de vida atual e atividades praticadas anteriormente.
As drogas podem ser classificadas em diferentes categorias de acordo com suas características, efeitos e alterações que as mesmas causam ao organismo. As drogas Psicotrópicas são substâncias químicas, naturais ou sintéticas, que têm tropismo pela mente e que modificam a atividade psíquica e o comportamento, apresentando efeitos depressores, estimulantes ou perturbadores. Os efeitos agudos e crônicos dependem do tipo, quantidade, qualidade, via de administração, combinações, efeito esperado e ambiente, dentre outros (CEBRID, 2006). As drogas Psicotrópicas são subdivididas em Psicolépticas ou Depressora, Psicoanalépticas ou Estimulantes e Psicodislépticas ou Perturbadoras que ainda podem ser de caráter Naturais ou Sintéticas.
As drogas Psicolépticas ou Depressoras podem ser chamadas de sedativas, pois deprimem o Sistema Nervoso Central e ativam o circuito da recompensa, esse grupo é composto pelo o álcool, pelos hipnóticos, pelos ansiolíticos, pelos analgésicos, pelos narcóticos e pelos solventes; já drogas Psicoanalépticas ou Estimulantes têm efeito contrário ao das drogas depressoras pois estas aumentam a atividade do sistema nervoso central; fazem parte desse grupo a cocaína, o crack, as anfetaminas, a nicotina e o ecstasy; e por último o grupo das drogas Psicodislépticas ou Perturbadoras Naturais que abrange a maconha, os cogumelos, mescalina; e as Perturbadoras Sintéticas que são compostas pelo LSD e anticolinérgicos. Essas drogas afetam o sistema nervoso central o que precipita outras alterações funcionais do organismo. (CEBRID, 2006).
Tem-se conhecimento de que praticar atividade física ajuda na melhora da qualidade de vida do indivíduo, pois além de proporcionar ganhos fisiológicos também contribui para o seu bem estar mental.
Assim nós da Centro de Tratamento Resgatando Vidas oferecemos o que há de melhor, com educador físico diário para manter um tratamento saudável e completo!